Blog

Citrato de Sildenafila – O que é? Para que Serve? Como Usar?

O citrato de sildenafila é usado no tratamento de disfunção erétil, que é a incapacidade de obter ou manter uma ereção (rigidez do pênis) suficiente para uma relação sexual satisfatória. No entanto, para a eficácia do remédio, é necessário um estímulo sexual. Entenda:

Contraindicação do citrato de sildenafila

O uso deste remédio é contraindicado em casos de pacientes com hipersensibilidade conhecida ou a qualquer componente da fórmula.

Também, não é recomendado a pacientes que estejam usando qualquer forma doadora de óxido nítrico, nitratos orgânicos ou nitritos orgânicos, sejam eles de uso frequente ou de uso intermitente.

Mulheres e menores de 18 anos estão proibidos do consumo do remédio.

Como usar o Citrato de Sildenafila

Deve ser tomado por via oral, em dose única de 50mg, aproximadamente 1 hora antes da relação sexual. De acordo com sua eficácia e tolerabilidade, a dose pode ser aumentada a uma máxima recomendada de 100 mg ou diminuída para 25g. Sua frequência máxima recomendada é de uma vez ao dia.

Uso em pacientes com insuficiência renal

Em pacientes com insuficiência renal leve a moderada, não é necessário ajuste de dose. Já para os com insuficiência grave, deve ser considerada uma dose de 25mg.

Uso em pacientes com insuficiência hepática

Os pacientes com insuficiência hepática classe A ou B (cirrose, por exemplo) devem considerar uma dose de 25mg. A farmacocinética em pacientes com insuficiência hepática grave (classe C) não foi estudada.

Uso em pacientes que utilizam outra medicação

Pacientes que recebem terapia concomitante com inibidores da CYP3A4 (eritromicina, saquinavir, cetoconazol, itraconazol, por exemplo), devem considerar uma dose inicial de 25mg.

Antes de iniciar o tratamento com sildenafila, o paciente deve estar estável durante a terapia, com bloqueadores, a fim de diminuir o potencial de desenvolvimento de hipotensão postural.

Os pacientes que fazem uso de medicamentos doadores de nitrato ou de óxido nítrico não devem utilizar a sildenafila.

Uso em crianças e idosos

Crianças não devem utilizar este remédio, pois ele é recomendado apenas para maiores de 18 anos. Já os idosos não necessitam de ajuste de dose.

Reações adversas do Citrato de Sildenafila

As reações adversas deste remédio são, em geral, de natureza leve a moderada e, em sua maioria, transitórias. As mais comumentes relatadas foram cefaleia e rubor.

Algumas outras reações comuns são:

  • Tontura;
  • Visão embaçada;
  • Distúrbios visuais;
  • Cianopsia;
  • Ondas de calor;
  • Congestão nasal;
  • Náuseas;
  • Dispepsia.

Estes eventos ocorrem com mais frequência quando as doses do medicamento são utilizadas acima do recomendado.

Precauções do Citrato de Sildenafila

É necessário ter conhecimento da história clínica, sendo igualmente recomendada a realização de um exame físico completo, para diagnosticar uma disfunção erétil, determinar suas causas prováveis e identificar seu tratamento adequado.

Antes de iniciar um tratamento para disfunção erétil, o médico pode pedir que o paciente realize exames cardíacos, devido à associação de doenças cardíacas com a atividade sexual. Além disso, o profissional deverá considerar com cuidado os pacientes com alguma doença pré-existente, pois eles podem ser afetados de maneira adversa pelo efeito vasodilatador que a sildenafila possui.